NOVA CONFIGURAÇÃO DO PORTAL
 
InícioPortaledamalta.blogsBuscarFAQRegistrar-seGruposMembrosConectar-se

Compartilhe | 
 

 caes...gatos...

Ir em baixo 
AutorMensagem
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: caes...gatos...   18/03/07, 12:01 am



Um cão de pêlo duro e sub-pêlo oleoso, excelente para caça na água, pois seu pelo é praticamente impermeável e resistente ao frio. Dotado de um olfato apuradíssimo, ele foi desenvolvido para caçar nútrias dentro da sua toca, que se localizavam às margens dos rios.
São cães de tamanho médio, expressão atenta e movimentos muito ágeis e precisos.

A altura varia de 58,5 à 61cm. na altura da cernelha para os machos, e de 50 à 58,5cm nas fêmeas e o peso é, em média, de 20 kg.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   18/03/07, 12:03 am



A raça é originária do Japão. Sua função original era a caça e posteriormente chegou a ser usado para rinhas. Hoje o governo proíbe sua utilização em rinhas e procura manter a sua integridade.

Trata-se de um excelente cão de guarda e um ótimo companheiro, de caráter dócil e afetuoso com a sua família. No entanto, é bastante reservado com estranhos e não faz novas amizades com facilidade.

O Akita é um cão muito inteligente, tem um andar enérgico e é bastante imponente.

Possui pêlo duro, nem longo e nem curto. A pelagem exterior é dura e reta, e possui um sub-pêlo macio e abundante. A garupa e a cernelha são revestidas com um pêlo ligeiramente mais longo que o do resto do corpo. As cores são o vermelho fulvo, o sésamo (pêlos vermelhos com pontas pretas), o tigrado e o branco.

O tamanho dos machos é de 67cm, e das fêmeas é de 61cm na altura da cernelha, com tolerância de 3cm para mais, ou para menos, desde que o exemplar tenha uma boa forma geral.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   18/03/07, 12:04 am



FILO: Chordata
CLASSE: Mammalia
ORDEM: Carnívora
FAMÍLIA: Felidae
NOME CIENTÍFICO: Felis catus
CARACTERÍSTICAS:
Tempo de vida: até 20 anos
Sexualmente maduro 9 ou 10 meses de idade

Os primeiros gatos domésticos apareceram no Egito por volta de 2.500 a.C. Eles foram muito importantes na caça aos ratos e aves que eram nocivos aos estoques de cereais dos egípcios. Os gatos foram tão importantes, que até um culto religioso foi instituído em sua homenagem e, como os faraós, eles eram mumificados. Existem muitas estátuas de bronze retratando a deusa-gata Bast.

Apenas uma das espécies de gato domésticos que existem atualmente tem a semelhança notável, nos hábitos e na aparência, com a deusa-gata do Egito: o gato abissínio. Essa semelhança, porém não prova que o gato abissínio seja de origem egípcia. Na verdade, ele apareceu pela primeira vez na Inglaterra, em 1868. Talvez seja descendente de um gato levado da Etiópia por algum diplomata inglês. o gato abissínio é calmo e desconfiado, mas quando se afeiçoa ao seu dono torna-se brincalhão e até travesso. Há duas espécies de gatos abissínios: uma é marrom-clara, quase malhada, com pelos que vão de tons bem claros a tons bem escuros. A outra espécie é castanho-avermelhada. O focinho é amarelo-alaranjado e os olhos são amarelos, verdes ou castanhos-avermelhados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   18/03/07, 12:06 am



FILO: Chordata
CLASSE: Mammalia
ORDEM: Carnívora
FAMÍLIA: Felidae
NOME CIENTÍFICO: Felis catus
CARACTERÍSTICAS:
Comprimento: cerca de 35 cm
Olhos azuis

O gato sagrado da Birmânia descende dos animais antigos gatos criados nos templos budistas. Segundo a lenda, existia num templo um gato branco, de pelo comprido, que era o fiel companheiro de um sacerdote. Quando este morreu, assassinado por invasores, o gato pulou para cima do corpo de seu dono e aí ficou, para evitar que alguém se aproximasse. Nesse momento, sua pelagem foi ficando cor de creme. Os olhos dourados tornaram-se azuis e as patas, nariz, orelhas e cauda, azuis - cinzentos. Apenas os quatro pés, que estavam em contato com o corpo do defunto, permaneceram brancos. Depois disso, todos os outros gatos criados nos templos ficaram iguais a ele.

A cabeça do gato sagrado da Birmânia é grande e perfeitamente redonda. O nariz é curto, mas não achatado, e os olhos redondos são ligeiramente frisados no ventre e as patas sempre "enluvadas" de branco.

Esses gatos são sociais e muito inteligentes, e tem uma vantagem sobre os siameses: não são ciumentos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   18/03/07, 12:08 am



FILO: Chordata

CLASSE: Mammalia

ORDEM: Carnivora

FAMÍLIA: Felidae
CARACTERÍSTICAS:

Peito largo e musculatura forte
Ventre peludo
Pêlo: curto, lanoso e macio
Cor: Cinza-azulado
Olhos: Todas as tonalidades, do amarelo-ouro ao alaranjado



Para ser reconhecido pelos criadores como um autêntico gato de raça, o gato de Chartreux não deve ter um pêlo branco sequer! Não se sabe ao certo qual a origem desse animal. Para alguns, ele foi trazido da Àfrica do Sul pelos frades cartuxos, há muito tempo atrás. Para outros, seu nome está associado à cor de pelagem, que lembra o hábito dos frades do mosteiro da Grande Chartreuse, nos Alpes. Para outros ainda, ele teria vindo de Belle-Île-en-Mer.

O gato de Chartreux apresenta algumas qualidades típicas do cão. Dotado de bom temperamento, ele é ao mesmo tempo brincalhão e tranquilo, fiel e um bom guardião, quando é preciso. Debaixo da aparência pesadona, ele esconde uma inteligência muito viva. Como os siameses, o gato de Chartreux é bastante apegado ao seu dono.

Este gato, apesar da aparência calma, tem boa disposição para a caça. É um grande inimigo dos ratos de esgoto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   18/03/07, 12:09 am



É um cão compacto e ativo, com um denso e macio sub-pelo, de caráter alerta e expressão "inteligente". É alegre e amigo, sempre muito curioso.

É extrovertido e companheiro. Gosta de companhia e está sempre muito bem humorado.

Não é um cão insistente, é muito tranquilo, o que o torna um grande companheiro. É elegante nas pistas, e é considerado uma raça muito inteligente.
Aprende com facilidade, gosta de aprender e considera o treinamento uma grande brincadeira.

A raça Spitz Alemão tem 5 variações em relação ao seu tamanho:

Spitz Alemão Anão (ou Lulu da Pomerânia): até 22 cm;
Pequeno, até 29 cm;
Médio, de 30 a 38 cm;
Grande, de 42 a 50 cm; e
Gigante de 50 a 60 cm.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   18/03/07, 12:10 am



As características do Bull Terrier, tal qual o conhecemos hoje, foram fixadas a mais ou menos um século, e em sua origem, encontramos muito do Bulldog Inglês, que foi criado para lutar contra touros, em exibições públicas.

Alguns criadores, buscando exemplares mais ágeis, e lutadores imbatíveis, cruzaram o Bulldog com o antigo Terrier Inglês Branco, muito difundido na época. Os primeiros exemplares mostraram-se muito volumosos, e diferentes entre sí. Mais tarde, através de cruzamentos com o Dálmata e terriers ingleses brancos, o Bull Terrier tornou-se o cão ágil e forte que conhecemos hoje.

O Bull também foi usado para caçar ratos, e hoje em dia é um grande guarda e um ótimo companheiro.

É um cão de constituição sólida, ativo, simétrico, de expressão profunda, decidida. Obediente e tolerante frente à disciplina.

Os olhos são fundos, pequenos, amendoados, o mais escuros possível, de olhar penetrantes. As orelhas são eretas, finas, próximas entre si. A cauda não é muito curta, de inserção não muito alta. A pelagem é curta, compacta, reluzente, um pouco dura ao tato.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   18/03/07, 12:12 am



Esta esplêndida raça, conhecida como Spitz Chinês em alguns países, está sendo muito difundido em todo o mundo. O seu porte nobre e vistoso, sua beleza indiscutível e sua pelagem exuberante, de cor singular provocam inevitavelmente a admiração de todo o público. É um cão que também é muito versátil, sendo utilizado em muitas funções com sucesso. É um valente guardião e defensor da casa, é ótimo guarda de barcos, é ótimo caçador de presas selvagens, além de um incansável cão de tração.

É um cão equilibrado, de aspecto leonino, de porte orgulhoso e digno, leal mas reservado. É ágil, compacto, curto e harmonioso em seu conjunto. Tem um nariz grande e preto, seus olhos são escuros
e pequenos, preferencialmente amendoados. As orelhas, pequenas, são grossas e bem separadas entre si. Seu peito é amplo e profundo, seu dorso é curto, reto, forte e a cauda implantada alta, levada bem dobrada, apoiada na garupa.

A pelagem do Chow Chow é abundante, espessa, lisa reta, um pouco dura ao tato, com sub-pêlo suave e lanoso. Segundo o padrão da raça, a variedade de pêlo curto, com excessão da pelagem, é idêntica.

A altura mínima para a raça é de, cerca de, 45 cm., entretanto o a característica primordial do exemplar deve ser a harmonia do conjunto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   18/03/07, 12:13 am



PAÍS: Turquia
Ancestrais: Gatos locais sem pedigree
Origem: Século XVII
Opção de pêlo curto: Nenhuma
Índole: Esperto
Tipo de pêlo: pêlo longo e sedeoso até as raízes.


Estes gatos têm todos uma pelagem branca como giz característicamente colorida, a qual não deve exibir o menor indício de amarelo. Suas manchas devem, idealmente, estar restritas à cabeça e à cauda, embora alguns gatos possam ter em seus corpos manchas localizadas de cor, tipo nódoas de tinta. Castanho-avermelhado e creme, as duas cores mais reconhecidas, existem - cada uma delas - em três formas, as quais se distinguem om base nas respectiva colocações dos olhos.

Estes podem ser de cor âmbar ou azul ou uma combinação odd dessas duas cores, com delineamentos cor-de-rosa em todos os casos. A surdez somente está associada aos Vans Turcos de olhos azuis, e os gatos de olhos odd podem sofrer de surdez somente no lado correspondente ao olho azul.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   07/04/07, 11:47 pm

Diz a lenda que o gato MaineCoon surgiu do cruzamento de gatos selvagens da floresta com guaxinis ("racoons" em inglês). Essa crença lhe deu o nome CoonCat, ou simplemente Coon. Posteriormente, a atual denominação surgiu em 1953 pelo Estado do Maine, leste dos EUA. Na verdade, o MaineCoon é o resultado do cruzamento de gatos americanos de pêlos curtos com o Angorá e outras raças de pêlos longos.

O MaineCoon impressiona pelo seu tamanho e sua personalidade afetiva. Um macho da raça pode chegar a pesar 13kg. Imponente e Majestoso, apresenta uma pelagem exuberante com as mais vairadas cores, não necessitando de tanta manutenção, pois seu pêlo é mais fácil de ser cuidade do qua as demais raças de gatos com pêlos longos.

Mesmo após 200 anos de seu surgimento, o Maine Coon ainda pode ser encontrado solto em florestas e fazendas na sua região de origem, e são considerados como estoques naturais da região do estado do Maine e são chamados de "fundações". Mas, afinal o que são fundações?

As fundações do MaineCoon não são tipos de organizações, mas apenas um grupo seleto de criadores que fazem expedições em fazendas, florestas e abrigos de animais a procura de gatos coloniais naquela região, até então muito parecidos com o Maine Coon, pois este trabalho resume-se em adquirir um gato da natureza vindo diretamente dos estoques do Maine para serem reconhecidos como "purebreds" por diversas associações responsáveis como TICA, CFA, ACA, ACFA etc para que futuramente estes gatos próximos das origens da raça, dotados de valor híbrido possam cruzar com exemplares showline e gerarem novos filhotes para serem introduzidos em linhas comerciais, a serem vendidos a criadores oficiais da raça pelo mundo que muitas vezes, procuram introduzir Coonies mais próximos das origens em seus plantéis, afim de aumentar a resistência do sistema imunológico de suas futuras proles, direcionando os objetivos de sua criação para os traços da fundação da raça. Sem dúvidas, o trabalho de fundação é o mais difícil dentro da criação profissional destes gatos e esta prática é conhecida mundialmente como "MaineCoon Foundation", extremamente necessária para dar reforço aos alicerces de linhas já muito depuradas ao redor do mundo, dentro da criação oficial.

Atualmente, devido ao trabalho dedicado de muitos criadores extrangeiros, promovendo a diversidade genética, evitando cruzamentos consanguíneos, e possível dizer que há gatos com tipos modernizados e outros mais tradicionais, todos dentro do Standard da raça. Os tipos mais tradicionais são gatos mais robustos e com detalhes avantajados, com orelhas mais separadas, ossatura dura e extremamente forte e em algumas vezes com características pouco expressivas, relacionadas a marcação corporal, porém extremamente grandes e pesados em sua forma mais original já conhecida pelo público.

Os tipos mais modernizados são gatos um pouco mais extremados, com relação a colocação de orelhas mais levantadas e expressivas marcações corporais, mais conhecidos como "Lynx Tips" que o trabalho de criação vem desenvolvendo ao longo dos últimos anos para tornar o MaineCoon um gato mais competitivo e maleável pelos juízes durante as exposições felinas, reduzindo um pouco o tamanho e controlando o peso, sem perder a originalidade do "gato gigante" que é seu diferencial, dentro de alguns critérios, afim de impressionar ainda mais o público e os juízes com características mais selvagens, porém dotado com extrema docilidade de temperamento, administrados na dose certa pelo criador/expositor que deve saber conciliar estes extremos para encantar o público, fazendo com que as pessoas sintam o ar selvagem e a docilidade do Maine Coon, o Mapache do Maine.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
borboleta
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 408
Data de inscrição : 01/12/2006

MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   07/04/07, 11:48 pm




O Lhasa é um excelente cão de companhia, vindo do cruzamento entre o Terrier Tibetano e o Spaniel Tibetano. De caráter alegre, cheio de segurança e desconfiado com estranhos, o Lhasa é um grande companheiro e também um cão de sentinela. Tem ouvido apuradíssimo, percebendo barulhos em longa distância. Seus olhos são escuros, de tamanho médio. A cauda é provida de franjas abundantes e é levada acima da garupa. A pelagem do Lhasa Apso é pesada, reta, dura, suficientemente longa e de sub-pêlo espesso.

A altura da raça fica entre os 22 e 25 cm., medidos na altura da cernelha. São muitas as cores aceitas, os exemplares mais facilmente encontrados são brancos com manchas em tons de caramelo ou pretas
.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: caes...gatos...   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
caes...gatos...
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Mike e outros gatos...
» A Mulher Cananéia e Jesus

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: OUTROS TEMAS :: DIVERSOS-
Ir para: