NOVA CONFIGURAÇÃO DO PORTAL
 
InícioPortaledamalta.blogsBuscarFAQRegistrar-seGruposMembrosConectar-se

Compartilhe | 
 

 PLANETA TERRA

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   27/12/06, 01:43 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   27/12/06, 01:46 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   27/12/06, 01:48 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   27/12/06, 01:56 am

TERRA COM SOL...LINDO

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   27/12/06, 02:17 am

TERRA COM LUA

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   27/12/06, 02:24 am

Crescem cada vez mais em numero, no mundo todo, as tentativas para assustar as pessoas com històrias de eventos cósmicos iminentes, como as mudanças a ocorrer na Terra pela aproximado de um astro que já estaria penetrando no Sistema Solar.





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   27/12/06, 02:39 am

A INFLUENCIA NO PLANETA DAS GRANDES ERUPÇOES DE VULCOÊS.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   27/12/06, 02:57 am

PLANETA TERRA COM AMÈRICA DO SUL.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 05:46 pm

Aurora Boreal

A Aurora Boreal é um fenómeno muito distinto do Sol da Meia-noite, embora ambos estes espectaculares fenómenos naturais sejam visíveis apenas nos céus do Norte. Na Lapónia, a Aurora Boreal ocorre 200 dias por ano, embora não seja sempre visível e nunca o seja durante a época do Sol de Meia-noite (no Verão).

A palavra finlandesa que define a aurora boreal, "revontuli", vem de uma fábula lapã ou saami. "Repo" significa raposa (diminutivo) e "tuli" fogo. Sendo assim, o "revontuli" significa "fogo da raposa". Segundo a lenda, as caudas das raposas que corriam pelos montes lapões, batiam contra os montes de neve e as faíscas que saíam desses golpes reflectiam-se no céu.
Os asiáticos acreditam que quem tenha visto a Aurora Boreal viverá feliz o resto da sua vida. Especialmente, acredita-se que seja uma fonte de fertilidade.

Os científicos têm outra explicação para o fenómeno:
As Auroras Boreais são um fenómeno luminoso que ocorre nas zonas polares. Originam-se quando as partículas electricamente carregadas, transportadas pelo vento solar, chocam a grande velocidade com os átomos e moléculas da atmosfera terrestre. Os choques provocam a excitação dos átomos e das moléculas que emitem um fotão luminoso, quando se descarregam.
As auroras boreais mais comuns têm uma cor verde-amarelada, e resultam do choque com átomos de oxigénio a alturas de entre 90 e 150 quilómetros. Também as auroras vermelhas, que ocasionalmente aparecem acima das verdes, são produzidas pelos átomos de oxigénio, enquanto que as azuis se devem aos iões das moléculas de hidrogeno. As auroras boreais produzem-se tanto no Inverno como no Verão, mas são invisíveis à luz de dia e, por isso, não se vêm no Verão. As épocas em que há mais probabilidades de vê-las são em Setembro – Outubro e Fevereiro – Março, a partir das 9 da noite, sendo que a melhor hora é por volta das 23:30.

A investigação finlandesa sobre a aurora boreal está centralizada em Sodankylä (100 km a norte de Rovaniemi) e em Nurmijärvi (a 50 km de Helsínquia

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 05:47 pm




AURORA BOREAL
SIMPLESMENTE LINDO!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 05:56 pm

Pororoca

O fenômeno da Pororoca que ocorre na região Amazônica, principalmente na foz do seu grandioso e mais imponente rio, o Amazonas, é formado pela elevação súbita das águas junto à foz, provocada pelo encontro das marés ou de correntes contrárias, como se estas encontrassem um obstáculo que impedisse seu percurso natural. Quando ultrapassa esse obstáculo, as águas correm rio a dentro com uma velocidade de 10 a 15 milhas por hora, subindo uma altura de 3 a 6 metros.

No Estado do Amapá, ela ocorre na ilha do Bailique, na "Boca" do Araguari, no Canal do inferno da Ilha de Maracá em diversas partes insulares e com maior intensidade nos meses dejaneiro a maio. É sem dúvida, um dos atrativos turísticos mais atrativos turísticos mais expressivos, que embora temível, torna-se um espetáculo admirável por todos. Consta que Vicente Pinzon e sua tripulação presenciaram a Pororoca quando desceram a Foz do Rio Amazonas e ficaram surpresos com a grandeza e a beleza ímpar do fenômeno. É sabido que em janeiro de 1500 ela quase destruiu embarcações.

A pororoca prenuncia a enchente. Alguns minutos antes de chegar, há uma calmaria, um momento de silêncio. As aves se aquietam e até o vento parece parar de "soprar". É ela que se aproxima. Os caboclos já sabem e rapidamente procuram um lugar seguro como enseadas ou mesmo os pontos mais profundos dos rios para aportar suas embarcações seguras de qualquer dano, pois a canoa que estiver na "baixa-mar", onde ela bate furiosa e barulhenta, levando árvores das margens, abrindo furos, arranca, vira e leva consigo.

Existem várias explicações da causa da Pororoca, porém a principal consiste na mudança das fases da lua, principalmente nos equinócios. com maior propensão da massa líquida dos oceanos, força que na Amazônia é percebida calculadamente a mais de mil quilômetros, e o barulho ensurdecedor ouve-se até com duas horas de antecedência à vinda da "cabeceira" da Pororoca. Quando ela passa formam ondas menores, os "banzeiros", que violentamente morrem nas praias.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 05:57 pm


POROROCA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:04 pm

Halley, o mais famoso dos cometas

Isaac Newton publicou seu grande livro Princípios Matemáticos da Filosofia Natural (os Principia) em 1686. Como era costume na época, a obra foi escrita em latim. Nela, ele explicou completamente como os planetas giram em órbitas elípticas, quase circulares, em torno do Sol, sob a influência da força da gravitação, cuja lei ele estabeleceu com detalhes.

Restava explicar o movimento dos cometas, objetos estranhos que apareciam imprevisivelmente, com longas caudas luminosas, e depois de algum tempo desapareciam novamente. Newton, nos Principia, sugeriu que os cometas também tinham órbitas elípticas em torno do Sol, com uma diferença: a elipse era tão alongada que eles só seriam visíveis nas ocasiões em que se aproximavam do Sol e da Terra. Sendo isso verdade, os cometas teriam passagens periódicas e com datas previsíveis, em princípio.

Edmund Halley era grande amigo de Newton. Halley resolveu tentar comprovar a hipótese do amigo. Em 1695, juntou todas as informações disponíveis sobre as aparições anteriores de cometas. Ele próprio tinha visto um, muito brilhante, em 1682 e anotara sua trajetória.

Comparando seus dados, Halley notou que o cometa de 1682 tinha características e trajetória semelhantes a outros, vistos em 1607 e 1531. Concluiu que deviam ser o mesmo cometa, que se aproximava da Terra a cada 76 anos. Se isso fosse correto, o cometa deveria aparecer novamente em 1758 ou 1759. O cometa retornou realmente como o previsto (1758) e foi, posteriormente, nomeado em sua honra.

Depois disso, o cometa Halley voltou pontualmente em 1835, 1910 e, mais recentemente, cruzou a órbita terrestre em 27 de novembro de 1985.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:08 pm

Tempestades, Tornados & Cia.


Tempestade

Uma tempestade é simplesmente um estado de confusão na atmosfera, como ventos fortes, chuva torrencial, neve ou todas juntas. Cada tipo de tempestade, tornados, furacões e tufões seguem um ciclo de tempo e ocorrem em determinadas estações do ano.


Vendavais


A maioria das tempestades são acompanhadas por ventos de alta velocidade. As tempestades de vento, ou vendavais, tem pouca chuva e ocorrem quando as áreas de alta pressão e as de baixa pressão de ar se encontram. Essas áreas também tem grande diferença de temperatura. O ar mais quente sobe e o mais frio cai.

Os meteorologistas e marinheiros consideram tempestade quando os ventos alcançam mais de 100 km por hora. Os vendavais são assim chamados quando os ventos ficam entre 35 e 70 km por hora. Mas as tempestades de neve podem ocorrer até mesmo sem qualquer vento.

Tempestades de areia ocorrem em áreas em que a exploração da terra deixou a terra exposta e seca. Os ventos levantam partículas do solo desmatado e pode carregar essas partículas por centenas de quilômetros.

É possível provocar chuva artificialmente. Quando as condições de tempo são favoráveis, um avião pode jogar gelo seco em uma nuvem para fazer chover.

Ciclones e Tornados

Tornados ocorrem em condições violentas de tempestade. Ventos correm em diferentes direções dentro de um poderoso redemoinho. A força centrífuga joga o ar para longe do centro deixando no meio um miolo de baixa pressão.

Nesse miolo de baixa pressão os ventos podem alcançar 500 km por hora ou mais. Em cima, ele é esbranquiçado, mas, na parte de baixo, ele é escuro, devido as partículas que carrega e os destroços de pedras, árvores e até mesmo pedaços de carros e prédios.

Quando a parte debaixo do funil toca um prédio, as partículas funcionam como uma serra, cortando tudo em que toca. Geralmente eles correm para o leste a 40 até 60 km por hora.
Furacões e Tufões

Ocorrem nos trópicos. A tempestade de um ciclone pode ter entre 100 e até mais de 2.000 km de diâmetro. O "olho" do ciclone pode ter entre 20 e 100 km e é comparável a uma parede cilíndrica de nuvens. Essas tempestades sempre começam sobre o oceano e geralmente se movem em áreas de águas quentes que fornecem sua fonte de energia. Quando atingem uma grande porção de terra, um continente, eles diminuem seus ventos lentamente.

Nas águas do Oceano Atlântico essas tempestades são chamadas de furacões. A palavra "furacão" tem origem chinesa e quer dizer "grandes ventos". Já na Índia, são chamados de ciclones. No mundo inteiro são chamados de ciclones ou furacões qualquer vento que ultrapasse 120 km por hora.

No oeste do Oceano Pacífico encontramos os tufões, que geralmente são maiores que os do Atlântico porque o Oceano Pacífico é maior que o Atlântico e, assim, essas tempestades tem mais tempo para se desenvolverem antes de chegar ao continente.

Os furacões se caracterizam por seus ventos muito fortes e chuvas violentas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:11 pm

vulcão

Estrutura supracrustal caracterizada pela efusão de material magmático (lava, cinzas, gases) derramado ou ejetado a partir de um conduto de forma cilíndrica na crosta (chaminé) junto a boca do qual se acumula, construindo um depósito com forma mais ou menos cônica, de complexidade variável que depende do tipo de vulcanismo, se mais ou menos explosivo.

Com magmatismo ácido a intermediário, mais viscoso e que dificulta o escoamento e a saída de gases, o vulcanismo tende a ser explosivo e piroclástico, do tipo peleano; fragmentos de rochas não vulcânicas existentes junto ao duto vulcânico podem, inclusive, ser ejetados junto com o material vulcânico no cone de ejeção.
Com magmatismo básico, mais fluido e com menos gases, o aparelho vulcânico tende a ser do tipo hawaiano ou de escudo, mais espraiado, e o magma que irrompe espalha-se por área mais extensa, formando um relevo mais suave e com altura relativamente baixa relativamente ao diâmetro.
Em um terceiro tipo intermediário, as condições de magmatismo intercalam fases mais explosivas e fases mais fluidas, dando origem a estrato vulcões.
Os vulcões podem ser ativos, dormentes ou extintos, os dois primeiros tendo câmara magmática em profundidade a partir da qual irrompe o magma através da chaminé sempre que tectonismo ou pressão do magma e gases associados forçar a saída da lava. Os extintos são aqueles que não tem mais magmatismo ou cujo magmatismo associado não seja mais significativo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:12 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:17 pm

A Tragédia de Pompéia

Nas horas que se seguiram à erupção do Vesúvio, morreram 16 mil habitantes de Pompéia, praticamente 80% de toda a população.

Nas horas que se sguiram à erupção do Vesúvio, morreram 16 mil habitantes de Pompéia. Hoje, é possível reconstituir esta tragédia passo a passo, como se estivéssemos presentes

Pompéia, uma cidade de 20 mil habitantes, produtora de vinho e azeite, vive hoje, 24 de agosto de 79 d.C., um dia de festa. Um grupo de teatro vindo de Roma deve se apresentar no Grande Teatro. Começando por volta das 11 horas da manhã, o espetáculo deve durar, como sempre, até a noite. São um pouco mais de dez horas.

Os padeiros, com suas cestas de doces nos braços, se dirigem às arquibancadas. Diante das thermopolia, bares ao ar livre da Antigüidade, os consumidores terminam de beber suas últimas taças de posca e as lojas começam a descer as persianas de madeira, sinal de fechamento. O dia está bonito e, como na véspera, se anuncia quente.

De repente, ouve-se uma explosão. Espanto! Num instante, todos estão na rua. Espetáculo alucinante, o topo do Vesúvio havia se partido em dois. Uma coluna de fogo escapa dali. É uma erupção! De início, todos se assustam e se interpelam. Havia pelo menos 900 anos que o vulcão não dava sinais de vida. Dizia-se que ele estava extinto. Logo depois é a agitação. Em volta começa a desabar uma chuva de projéteis: pedras-pomes, lapíli e, às vezes, pedaços de rochas - fragmentos arrancados do topo da montanha e da tampa de lava resfriada que obstruía a cratera.

Num instante, as praças e ruas se esvaziam. Aqueles que não moram no bairro correm para se refugiar sob uma abóbada, um pórtico, qualquer abrigo, enquanto outros se apressam em correr para se proteger em casa. O que fazer, pensam, a não ser esperar? O bombardeio terminaria mais cedo ou mais tarde. Durante 20 minutos, a erupção faz misérias, cobrindo a cidade com 2,60 metros de escórias. Em seguida, uma poeira arenosa toma o lugar das pedras-pomes e os lapíli diminuem. A esperança aumenta. Alguns audaciosos arriscam até a colocar o nariz para fora. Do Vesúvio sai somente uma coluna de fumaça. Mais um pouco de paciência e tudo deverá voltar ao normal.



Cinzas e lama moldaram os corpos das vítimas, permitindo que fossem encontradas do modo exato em que foram atingidas pela erupção do Vesúvio, cujo vulto vê-se ao fundo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:18 pm


Vesúvio
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:24 pm

CHUVA ÁCIDA

A chuva ácida é uma das principais consequências da poluição do ar. As queimas de carvão ou de peróleo liberam resíduos gasosos, como óxidos de nitrôgenio e de enxofre. A reação dessas substâncias com a água forma ácido nítrico e ácido sulfúrico, presentes nas precipitações de chuva ácida.

Os poluentes do ar são carregados pelos ventos e viajam milhares de quilômetros; assim, as chuvas ácidas podem cair a grandes distâncias das fontes poluidoras, prejudicando outros países.

O solo se empobrece, a vegetação fica comprometida. A acidificação prejudica os organismos em rios e lagoas, comprometendo a pesca. Monumentos de mármore são corruídos, aos poucos, pela chuva ácida.

Prejuízos para o homem:

1. Saúde: A chuva ácida libera metais tóxicos que estavam no solo. Esses metais podem alcançar rios e serem utilizados pelo homem causando sérios problemas de saúde.

2. Prédios, casas, arquiteturas: A chuva ácida também ajuda a corroer os materiais usados nas construções como casas, edifícios e arquitetura, destruindo represas, turbinas hidrelétricas etc.

Prejuízos para o meio ambiente:

1. Lagos: Os lagos podem ser os mais prejudicados com o efeito da chuva ácida, pois podem ficar totalmente acidificados perdendo toda a sua vida.

2. Desmatamentos: A chuva ácida faz clareiras, matando duas ou três árvores. Imagine uma floresta com muitas árvores utilizando mutuamente, agora duas árvores são atingidas pela chuva ácida e morrem e assim vão indo até formar uma clareira. Essas reações podem destruir florestas.

3. Agricultura: A chuva ácida afeta as plantações quase do mesmo jeito que das florestas, só que é destruída mais rápido já que as plantas são do mesmo tamanho, tendo assim mais áreas atingidas.

Como evitar a Chuva Ácida:

-Conservar energia
-Transporte coletivo
-Utilização do metrô
-Utilizar fontes de energia menos poluentes
-Purificação dos escapamentos dos veículos
-Utilizar combustíveis com baixo teor de enxofre.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:37 pm

Protocolo de Kyoto: já é lei

O dia 16 de fevereiro deste ano foi comemorado por ativistas do mundo inteiro. Esta data ficou marcada como o início de uma nova era na luta pelo controle do aquecimento global causado pela emissão de gases poluentes na atmosfera. Entrou em vigor o Protocolo de Kyoto.

Muitas pessoas não levam o efeito estufa a sério porque não vêem ou sentem suas conseqüências nitidamente. Entretanto, nos grandes centros urbanos, onde a poluição atmosférica está mais concentrada, os problemas de saúde ligados ao sistema respiratório têm evoluído consideravelmente. Outro fator importante é a detecção de um aumento de aproximadamente 1ºC na temperatura média global nos últimos cem anos, o que pode estar diretamente relacionado à emissão de carbono na atmosfera. Esse aquecimento já mostra efeitos em regiões mais frias do globo, como o recuo das geleiras nas regiões polares, que pode causar uma elevação do nível médio dos oceanos e, conseqüentemente, o alagamento de áreas densamente povoadas.

Com a ratificação da Rússia, o tratado entrou em vigor contando com 55% das nações desenvolvidas. Mesmo sem o apoio de alguns países, como os EUA — que, sozinhos, são responsáveis por 25% da poluição mundial —, o Protocolo de Kyoto se concretizou e, finalmente, tem valor legal. Aqueles que não atingirem a meta de redução prevista serão penalizados.

141 países assumiram o compromisso de reduzir a liberação de gases que causam o efeito estufa em pelo menos 5,2% até o período até 2012, percentual estabelecido com base na emissão de 1990. Sabemos que isso está longe de ser o ideal, mas o primeiro passo é sempre o mais difícil, e agora o caminho está aberto.

A jornada para salvar o planeta e dar melhores condições de vida aos futuros moradores da Terra foi iniciada. É preciso fazer algo antes que o aquecimento global tenha conseqüências catastróficas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:39 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:42 pm


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eli.lua
MODERADOR
MODERADOR
avatar

Número de Mensagens : 579
Idade : 38
Localizaçâo : Albufeira
Data de inscrição : 11/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   30/12/06, 06:43 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   31/12/06, 02:49 pm

Arco-íris

Um arco-íris é um fenômeno óptico e meteorológico que separa a luz do sol em seu espectro (aproximadamente) contínuo quando o sol brilha sobre gotas de chuva. Ele é um arco multicolorido com o vermelho no seu exterior e o violeta em seu interior; a seqüência completa é vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil(ou indigo) e violeta. Veja também o artigo sobre as cores para informações sobre o espectro de cores do arco-íris.


Para ajudar a lembrar a sequência de cores do arco-íris, usa-se a mnemónica: «Vermelho lá vai violeta», em que l,a,v,a,i representam a sequência laranja, amarelo, verde, azul, indigo

O efeito do arco-íris pode ser observado sempre que existir gotas de água no ar e a luz do sol estiver brilhando acima do observador em uma baixa altitude ou ângulo. O mais espetacular arco-íris aparece quando metade do céu ainda está escuro com nuvens de chuva e o observador está em um local com céu claro. Outro local comum para vermos o arco-íris é perto de cachoeiras.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hera
MEMBRO EXPERIENTE
MEMBRO EXPERIENTE
avatar

Número de Mensagens : 367
Data de inscrição : 12/12/2006

MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   31/12/06, 03:08 pm

Granizo


O granizo (ou saraiva) é uma forma de precipitação, composta por pedras sólidas de gelo que podem medir 5mm ou ser do tamanho de uma toronja. Em muitas partes do mundo, é com a tempestade com pedras de gelo do tamanho de uma bola de tênis.

O granizo forma-se quando pequenas partículas de gelo caem dentro das nuvens, recolhendo assim a umidade. Essa umidade se congela e as partículas são levadas para cima novamente pelas correntes de ar, aumentando de tamanho. Isso acontece várias vezes, até que a partícula se transforma em granizo, que tem o peso suficiente para cair em direção à terra

Os granizos grandes podem estragar as plantações, furar tetos, amassar carros e quebrar pára-brisas. O recorde das maiores pedras de granizo foi alcançado em Bangladesh, durante uma tempestade que matou 792 pessoas. As pedras de gelo pesavam quase 5kg e caiam com velocidades próximas de 150 metros por segundo. Ninguém soube explicar tal evento, que ainda hoje causa muita discussão entre os especialistas.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PLANETA TERRA   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PLANETA TERRA
Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Oração do pai nosso a oração mais eficaz de todas !!
» Mateus 28:18 E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
» Porque nosso planeta se chama TERRA?
» O DIA EM QUE A TERRA PAROU - A Biblia está correta
» CCB Brás e a CCB ministério de Jandira será a ultima o Jacó da CCB ??

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: OLHARES :: OLHAR O MUNDO-
Ir para: